Sétimo mês? Putz!

(version française)

E a gente começa a se perguntar se já não é o suficiente. Porque sim, eu sei, esse último trimestre é extremamente importante para a pequena ganhar peso, desenvolver os pulmões e ficar linda e saudável e prontinha para nascer. Mas a questão que me assola é: onde é que vai caber mais bebê dentro desse corpinho limitado e pelos próximos dois meses? A barriga já cresceu para todos os lados, os músculos dão sinais de estarem em sua extensão máxima, tudo parece caminhar para uma explosão iminente. Sabe aquelas brincadeiras de criança em que você enche a bexiga até ela estourar e tem um momento em que parece que não vai dar mais e a bichinha distende, distende, fica fininha, fininha, transparente e… bum! Então… E como nessa busca por espaço cada milímetro deve ser otimizado, a pequena achou por bem alojar seus belos pezinhos sob as minhas costelas. O que significa cócegas nas costelas, dedadas nas costelas, alongamentos nas costelas, chutes nas costelas… socorro! Aliás, eu que nunca entendi direito para que as tais costelas serviam, acho que finalmente captei: são a barra de exercícios do bebê na barriga, as danadas.

E todos os órgãos que se alojavam confortavelmente nesse espaço? Bom, minha teoria é que agora todos se acumulam no espaço entre meu osso externo e a minha garganta. O estômago, por exemplo, foi parar na garganta, tenho certeza absoluta. Basta comer qualquer coisa tão infinitamente pequena como um amendoim e ele já dá sinais de vida ali, na garganta, onde tudo entala e permanece por horas e horas e horas e horas… E como conciliar a fome com o embolamento do estômago que você sabe que vai vir a cada vez que você comer porque, simplesmente, ele deve estar morando ali na sua garganta junto com as suas amídalas, seu coração, seus pulmões, seus rins, seu pâncreas, seu fígado… Todo mundo enlatado feito sardinha no ônibus do final do dia.

E a bebê nas suas costelas. E você já não enxerga mais nada abaixo da sua barriga. E seus pés se tornaram seres distantes e alienígenas qual um E.T. com quem você passou a ter grande dificuldade de fazer contato. E.T. phone home. Venham, venham para casa pezinhos, venham para a mamãe que existem unhas a serem cortadas. Bom, além de entender a utilidade verdadeira das costelas, renovei meus amores pela manicure.

A sorte é que no sétimo mês a gente se diverte arrumando o quarto, as coisas do bebê, brincando de decoradora, arquiteta, pintora, personal stylist, lavadeira, passadeira. Deve ser o modo de adiantar tudo para tentar adiantar o tempo e acreditar que é para logo em breve. O tempo, ah, esse senhor que se revela em toda a sua complexidade quando estamos grávidas, passando tão depressa e tão devagar a ponto de deixar qualquer um maluco. Einstein devia ser uma mulher grávida quando inventou a teoria da relatividade.

E a tal curiosidade? Como será o rostinho dela? Será o nariz da mamãe ou do papai? O sorriso da mamãe ou do papai? E as mãozinhas? Os pezinhos, esses danados que eu vou morder muito depois que a pequena nascer, só para descontar o dano costelento provocado. E o cabelo? Será que vai ter muito cabelo? E os olhos? E nisso se vai uma bela meia hora de devaneios, sonhos e tentativas de antecipar o tempo e saber do futuro que está logo ali, pés nas costelas e dois meses adiante. Esse futuro que tem nome, sobrenome, lugar, quarto, berço, roupas, fraldas, cortador de unhas, aspirador de nariz. E amor, amor de todas as partes e de tantas gentes que ela nem imagina.

Fica mais um pouco na barriga, bebê. Vamos cuidar desse pulmãozinho para você respirar bem esse ar fresco que tem feito aqui fora. E, por favor, nada de estragar esse belo trabalho que mamãe e papai fizeram virando fumante, ok? Ai, putz…

4 comentários sobre “Sétimo mês? Putz!

  1. Caramba, passa rápido mesmo!!! eu tb te entendo nessa da curiosidade! eu tenho a MAIOR curiosidade de saber se meu parasitinha vai ter meu bico. eu explico: é um bico de família rsrssrsr quer coisa mais besta?e olha que ainda tenho bons 4,5 meses pela frente….hehehe
    bjoks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s